Zezé Di Camargo expõe a verdade sobre o que Leonardo fez com ele e entrega roubo: “Culpado”

Zezé Di Camargo expôs que tem uma enorme gratidão pelo amigo da música, Leonardo, que na época, fazia dupla com o irmão Leandro, portanto a amizade entre eles já dura mais de 30 anos.



Zezé Di Camargo revelou em uma entrevista ao “Flow Podcast” que Leonardo o ajudou muito ele no começo de sua carreira e ainda contou que a partir de uma atitude dele, começou a vender suas composições para outros artistas da música.

O sertanejo entregou que começou a fazer composições musicais ainda muito novo, mas que sempre foi cantor acima de tudo, tanto que ele investiu em sua carreira no mundo da música ao lado do irmão, Luciano.

Zezé Di Camargo entregou a atitude de Leonardo em sua carreira: “O culpado por eu ser compositor é o Leonardo. Eu tinha as minhas músicas, eu fazia, e ficavam no meu caderno, eu não dava muita moral, não”, iniciou o sertanejo.

Zezé Di Camargo ainda revelou que não apostava em seu próprio talento, acreditando que ele “não prestava” para composições. O famoso escreveu então uma canção chamada “Solidão” e ele tinha o sonho de vender uma de suas músicas para Amado Batista, cantor que despontava nas vendas de discos naquele tempo.

De acordo com o cantor, as gravadoras daquela época davam um bom adiantamento financeiro por composição, e por conta disso, ele tentava a duras penas chegar até Amado Batista. O sertanejo confessou que mostrava suas músicas compostas para Leonardo, antes de tudo, só para saber se estavam realmente boas.

Acontece que Leonardo gostou muito dessa música “Solidão” e, certa vez, estava em estúdio com o irmão Leandro e praticamente a música foi “roubada” naquele momento. A composição de Zezé Di Camargo foi gravada pela famosa dupla.

APELOU PARA O EMOCIONAL

Zezé Di Camargo reclamou e disse que estava ralando muito para tentar conseguir um dinheirinho com Amado Batista, mas Leonardo apelou para o emocional e disse que o famoso estava querendo parceria com um nome estabelecido, sendo que o amigo dele era ele.

Algum tempo mais tarde, a disputada música estourou nas rádios de todo país e várias duplas sertanejas começaram a ligar para saber quem era o compositor de “Solidão”.

A partir disso, Zezé Di Camargo distribuiu várias composições e começou a fazer muito dinheiro com os rabiscos que deixava em um caderninho velho, que ainda contia rabiscos das suas filhas e até as receitas que Zilú Godoy.