Vazou áudio do Ministro dizendo que apenas amigos de Pastores terá atendimento público e envolve supostamente o presidente

Nesta semana o ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi em uma reunião com prefeitos e afirmou que repassava verbas para os municípios indicados por dos pastores do meio religioso e isso tudo seria a pedido do atual presidente do país, Jair Bolsonaro.

Vazou áudio do Ministro dizendo que apenas amigos de Pastores terá atendimento público e envolve supostamente o presidente

Para deixar a situação que envolve o presidente, ainda mais crítica, um áudio foi vazado e rapidamente viralizou na web.

O conteúdo diz que pastores que o ministro está elegando são Arilton Moura e Gilmar Santos.

Ambos não tem nenhum vínculo com o governo, mas eram responsáveis por participar de reuniões com grandes autoridades públicas.

Gilmar é atualmente Presidente da Convenção Nacional de Igrejas e Arilton tem um cargo muito relevante também.

Confira o vídeo a seguir:

Diveros internautas falaram sobre o assunto. “Mais igrejas construídas, mais fiéis, mais votos pra Bolsonaro e mais “contribuições” para os pastores. O negócio é cabuloso! Atentai, Brasil! Atentai!”, disse um internauta.

Esse outro escreveu, “O povo so vai descobrir quem são esses pastores e religião quando for estabelecido a teocracia religiosa ai vem o arrependimento e será tarde demais”.

A oposição já reagiu e abriu uma notícia-crime contra Bolsonaro no Supremo Tribunal Federa, por conta dos supostos favorecimentos dados aos pastores.

No documento, o deputado Alencar Santana, pede para que, se for confirmado as irregularidades, Milton seja afastado do cargo de ministro imediatamente.

O Psol também se pronunciou sobre o assunto e também não concordou com os rumores.