Tribunal do crime mata homem de 43 anos por causa de relacionamento com adolescente

  • Post category:NOTÍCIAS

Um homem de 43 anos foi morto em um acerto de contas pelo tribunal do crime, na cidade de Embu das Artes, localizada no interior de São Paulo.

Tribunal do crime mata homem de 43 anos por causa de relacionamento com adolescente

Segundo as primeiras apurações do portal ‘R7’, o homem foi julgado e assassinado pelo tribunal do crime por manter um relacionamento com uma menina de 14 anos.

O homem identificado como Wallas Lima, foi sequestrado depois que a sua própria filha que supostamente tem envolvimento com o crime organizado teria informado aos bandidos que o pai estava mantendo um relacionamento com uma garota menor de idade, 39 anos mais nova que ele.

Os criminosos teriam ficado revoltados com o relacionamento, sequestraram Wallas Lima, realizaram o julgamento e a execução do homem.

A jovem, filha de Wallas, sofreu um acidente no dia do sequestro do pai e acabou sendo presa.

O corpo de Wallas foi encontrado pela polícia no local onde ele foi julgado e assassinado, em uma casa usada pelos criminosos que fica em uma comunidade em Embu das Artes.

Ainda segundo as informações da polícia outras três pessoas que também estavam no local e que seriam julgadas foram liberadas, dois homens e uma mulher foram presos.

O sepultamento de Wallas Lima ocorreu na cidade de Embu das Artes, na última quinta-feira (7).

A polícia segue investigando o caso. Julgamentos realizados pelo tribunal do crime estão se tornando cada vez mais frequentes.

Eles são realizados pelo poder paralelo e as vítimas geralmente são condenadas à morte.