Rússia ataca hospital infantil na Ucrânia e faz dezenas de vítimas; Entre elas, mulheres em trabalho de parto

  • Post category:NOTÍCIAS

Desde que a Rússia decidiu invadir a Ucrânia, uma guerra tomou conta do país. A guerra declarada por Putin tem matado centenas de civis na Ucrânia.

Rússia ataca hospital infantil na Ucrânia e faz dezenas de vítimas; Entre elas, mulheres em trabalho de parto

Os russos atacam sem piedade e ao que tudo indica os ataques estão longe de chegar ao fim.

Foi no dia 24 de fevereiro que a Rússia invadiu a Ucrânia e começou a bombardear o país e matar pessoas.

Embora a comunidade internacional tenha publicado sansões contra o país russo, parece que isso não surtiu efeito. Putin está decidido a tomar Ucrânia para si.

O presidente ucraniano já cansou de implorar por ajuda do exterior, que pouco fizeram além do envio de armas e ajuda humanitária.

O exército ucraniano afirma que as armas enviadas não foram suficientes eles precisam de mais para poder retomar o país por completo.

Putin ameaçou qualquer país que enviar soldados ou se intrometer na Guerra. Inclusive ele deixou ligado o alerta de ataque nuclear. Dessa forma, nenhum país interviu diretamente na guerra e Ucrânia luta sozinha contra o opressor.

De acordo com Pavlo Kyrylenko, governador da região que fica localizada em Mariupol, a Rússia atacou diretamente a maternidade, onde foi capaz de fazer várias vítimas. Entre as vítimas haviam mulheres que estavam em trabalho de parto.

Mariupol. Direct strike of Russian troops at the maternity hospital. People, children are under the wreckage. Atrocity! How much longer will the world be an accomplice ignoring terror? Close the sky right now! Stop the killings! You have power but you seem to be losing humanity.

Inclusive, o governador publicou um vídeo no Twitter onde mostra imagens de destruição na maternidade e classificou tal ato como uma atrocidade por parte da Rússia.