Roberto Carlos é rejeitado por grande amor, se sente humilhado e mulher diz motivo de não querer

Roberto Carlos já se casou três vezes e é amado por milhares de mulheres, que com toda certeza gostariam de ser o amor do rei. Mas, uma mulher em especial rejeitou o amor do cantor e explicou o motivo.

Se trata da cantora Wanderléa, parceira do rei na época da Jovem Guarda. Ao lado de Erasmo Carlos, a mulher e Roberto Carlos eram os queridinhos do momento.

Amado por milhares e os nomes daquela época. Tanta aproximação, acabou fazendo com que um clima rolasse.

A cantora contou que chegou a flertar com Roberto Carlos, mas, logo mudou de ideia após notar que o rei era muito querido pelas mulheres.

Em uma entrevista ao É De Casa feita no início desse ano, ela comentou sobre esse não envolvimento.

“Muito charmoso, ele. Eu fiquei meio na paquera no início da minha carreira, achei que ele era um gato.

Mas depois eu vi que esse gato era muito assediado, eu falei ‘isso aí não dá certo, não’. E nós tínhamos uma carreira também a fazer. Tinha uma paquera também com o Erasmo, no início”, comentou ela.

Ainda na conversa, Wanderléa contou que fez bem em não se envolver amorosamente com Roberto ou Erasmo Carlos.

“Todos dois são maravilhosos, figuras incríveis. E se eu tivesse tido uma relação mais próxima com um dos dois, acho que nós não teríamos uma relação tão bonita como nós temos hoje, que é familiar mesmo.

Porque muitas vezes você namora… e fica uma coisa assim, né? Então eles eram muito de tomar conta de mim. Quando vinham os paqueras perto de mim, eles vinham ‘Opa!’, igual irmão, que fica defendendo”.

Hoje os três são muito amigos e compartilham boas histórias da época da Jovem Guarda.