Menino de 13 anos que foi proibido de jogar pelo celular mata o irmão e a mãe

  • Post category:NOTÍCIAS

A cidade de Patos que fica localizada há cerca de 308 km de João Pessoal, capital do estado da Paraíba, se viu diante de um crime que deixou a população sem acreditar. Se trata do duplo homicídio cometido por uma criança de apenas 13 anos.

Menino de 13 anos que foi proibido de jogar pelo celular mata o irmão e a mãe

O crime foi registrado no último sábado, (19). De acordo com as investigações a criança de apenas 13 anos se apoderou de uma arma do seu pai, que é militar reformado.

Foi de posse dessa arma que a criança cometeu os assassinatos, efetuando os disparos que levou seu irmão de 7 anos e sua mãe a óbito, deixando o seu pai com ferimentos graves.

O pai do garoto foi socorrido e está recebendo atendimento médico em um hospital da localidade.

Renato Leite, que é o delegado que está a frente desse caso revelou que a criança estava com baixo desempenho escolar, e ficou furioso, pois nos últimos tempos estava sendo cobrado pelos pais para se dedicar mais aos estudos.

Entretanto, o filho demonstrou descontentamento e afirmou que iria continuar participando dos jogos  on-line, que os pais havia proibido ele de jogar.

Aos policiais o garoto contou que estava se sentindo pressionado. Afirmou que no último sábado seu pai pediu que ele realizasse tarefas simples como secar a louça e arrumar a cama.

Sendo assim, após ser cobrado, o menino conseguiu encontrar a arma do pai e cometer o duplo homicídio. Dessa forma a criança foi apreendida e encaminhada para uma sala própria para menores de idade na Polícia Civil.