Marina Ruy Barbosa quebra o silêncio sobre briga com Marquezine e ataques: “Limite pra suportar”

A atriz Marina Ruy Barbosa surpreendeu ao falar sobre um assunto que vem a perseguindo há bastante tempo: sua “falta” de posicionamento no que se refere a assuntos políticos.

Em conversa com o jornal O Globo, a jovem deixou claro que está ciente de que muitos a classificam desta forma e que deve suportar isso.

“Sei que, de alguma forma, me enxergam nesse lugar de isenta. Hoje, no entanto, tenho um olhar muito para mim, não no sentido egoísta. Mas é uma busca de autoconhecimento.

Coisa em que a terapia tem me ajudado. Entendi que tenho um limite para suportar ataques nas redes sociais”, afirmou a artista global.

Marina Ruy Barbosa surpreendeu com declaração

“Uns podem achar que quem não xinga ou não se manifesta é covarde. Não é medo de perder seguidores ou trabalho.

O medo até existe, mas é um medo em relação à minha saúde mental. Não há mais espaço para errar. Um deslize e você recebe uma série de julgamentos”, prosseguiu ela, que já foi muito criticada.

Um outro assunto abordado foi a relação com Bruna Marquezine, que esfriou por causa de boatos envolvendo brigas entre elas:

“Existe muito respeito, e eu tenho um carinho enorme por ela. Compartilhamos uma vida bastante parecida. Mas fofocas atrapalharam essa relação. No fim, é uma questão de afinidade”.

A atriz quer novos rumos pro país

Mesmo com a fama, Marina Ruy Barbosa deixou bem claro que não é fã do governo do presidente Jair Bolsonaro e que quer mudança:

“O atraso na vacinação e as informações distorcidas custaram milhares de vidas e continuam custando. Também vejo como o setor cultural foi impactado de maneira negativa”.