Gusttavo Lima é hospitalizado às pressas, passa por cirurgia delicada e comunicado é feito: “Estava matando aos poucos”

Considerado um dos maiores sertanejos do Brasil, Gusttavo Lima deixou os fãs preocupados com sua saúde. Isso porque, ele deu entrada no hospital em São Paulo na última terça-feira, 25.

Em suma, o cantor fez uma cirurgia às presas por conta de sua sinusite e precisou adiar seu agenda de shows.

Na última terça-feira, 03, o marido de Andressa Suita falou pela primeira vez sobre sua internação nas redes sociais.

De acordo com o artista, sua sinusite estava atrapalhando seu trabalho, uma vez que estava com dificuldades para respirar, cantar e dormir.

“Passei esses dias meio sumido porque eu fui submetido a uma cirurgia de algo que já estava sofrendo há bastante tempo, que era a sinusite”, começou Gusttavo Lima.

Na sequência, o cantor confessou a dor que passou: “Cara, isso tava me matando aos poucos e me atrapalhando muito no meu trabalho”.

Além disso, o sertanejo fez questão de agradecer o apoio que recebeu de sua equipe médica.

“Resolvi fazer a cirurgia e tive um apoio gigantesco da equipe médica, que foi incrível”, assumiu Gusttavo Lima, que afirmou o tempo que precisaria descansar:

“Eu tinha que ficar 15 dias de repouso e fiquei apenas quatro, então nisso você vê o tamanho do profissionalismo do otorrino”, disse o cantor.

Para finalizar, o artista ressaltou que a cirurgia foi um sucesso, mas explicou que sua voz está anasalada.

“A minha voz ainda está um pouco anasalada porque aqui dentro ainda tem algumas buchinhas que o doutor colocou para não sangrar”, começou o marido de Andressa Suita, que continuou:

“Mas, graças a Deus deu tudo certo, já estou na batalha de novo e queria agradecer muito a minha equipe médica”, finalizou Gusttavo Lima.

MAIS SOBRE A CIRURGIA

Como havíamos mencionado, na última terça-feira, 25, Gusttavo Lima deu entrada no hospital Vila Nova Star, em São Paulo.

Segundo Léo Dias, do “Metrópoles”, a internação do cantor causou alvoroço no hospital, após a cirurgia ele ficou na suíte presidencial do hospital.