Escócia vai plantar mais de 1 milhão de árvores para salvar espécie de salmão selvagem

  • Post category:NOTÍCIAS

Os corpos d’água em todo o mundo estão passando por um aquecimento sem precedentes que está afetando os ecossistemas e a vida marinha que os habita. Uma das espécies que sofre com este aquecimento é o salmão selvagem.

É por isso que, na Escócia, a ONG River Dee Board and Trust, em parceria com o setor de pesca local, tem um plano para plantar milhões de árvores ao longo dos rios do país para ajudar a resfriar suas águas.

O salmão selvagem prefere temperaturas da água em torno de 10 graus Celsius e não é capaz de sobreviver ao calor das águas acima de 33 graus Celsius.

Em 2018, a pesca teve a menor captura de salmão em décadas, quando as temperaturas da água de cerca de 70% dos rios da Escócia atingiram uma temperatura de 23 graus Celsius por pelo menos um dia, resultando em estresse térmico para os peixes.

“Esses rios são o berçário de peixes jovens e são os peixes jovens que serão atingidos pelas temperaturas do verão – sua alimentação e taxas de crescimento são afetadas”, explica Lorraine Hawkins, diretora de rios do Dee District Salmon Fishery Board. “Se ficar mais quente, veremos peixes morrendo.”

A cobertura de árvores é uma ferramenta essencial para ajudar a resfriar os rios que estão esquentando, mas, de acordo com a Marine Scotland, apenas 35% dos rios escoceses têm cobertura de árvores suficiente para alcançar esse efeito de resfriamento.

O River Dee Board and Trust já plantou milhares de árvores ao longo do rio Dee e seus afluentes desde 2013, e planeja plantar mais de um milhão de árvores até 2035. As árvores que planejam plantar incluem zimbro, álamo tremedor, bétula, salgueiro e pinheiro escocês.

O setor de pesca escocês também está ajudando a plantar milhões de árvores ao longo de riachos e rios remotos para ajudar a proteger a população de salmão selvagem.

Além disso, as árvores adicionadas aumentarão a biodiversidade, ajudarão a controlar inundações e gerenciarão nutrientes para o solo e a água!