Eduardo Costa, após ser traído, vai ao fundo do poço, escancara falência e confirma: “Vida difícil”

Eduardo Costa, sem sombra de dúvidas, é um dos grandes nomes da música sertaneja. Mas, antes de se tornar conhecido nacionalmente, o cantor passou por alguns momentos bastante difíceis.

Durante participação no Faustão na Band, o famoso expôs tudo o que viveu na infância para ajudar a criar seus dois irmãos.

Em função de alguns problemas familiares, Eduardo Costa teve que se tornar o chefe da casa aos 12 anos.

Durante a conversa, Faustão quis saber como a música entrou na vida do sertanejo. “A gente é de uma família de pessoas que cantam. Meu avô era acordeonista, meus tios todos tocam”, contou o famoso.

Ao falar sobre o passado, Eduardo Costa relembrou a infância difícil e abriu o coração ao contar todos os detalhes:

“A maioria de nós artistas sertanejos, a gente veio de uma vertente muito humilde. Mas a gente tinha uma vida maravilhosa, porque quando a gente não tem conhecimento, também tá tudo certo!”.

“Quando nós tivemos o conhecimento é que a gente teve noção mesmo a vida totalmente difícil que a gente tinha”, disse ele. Atualmente, vale dizer, Eduardo Costa goza de uma vida luxuosa e ainda por cima conseguiu proporcionar o melhor também para seus familiares. Apesar de tudo isso, ele nunca esqueceu de onde veio.

TRAIÇÃO

Eduardo Costa ficou muito chateado com sua retirada às pressas do projeto “Cabaré” e ficou sem chão por conta disso.

O desligamento do cantor sertanejo deixou ele muito abalado. “É um sentimento que eu não gosto de sentir, mas você gostaria de ver um cara querendo comer sua esposa? Então você imagina um projeto que eu idealizei esse projeto, foi idealizado para cantar eu e o Leonardo”, alfinetou o artista.

O cantor insistiu no comparativo de baixo nível para exemplificar sua chateação profunda: “Então se as pessoas falaram que tem ciúmes eu tenho.

Porque você imagina um projeto que eu idealizei a noite inteira, fazendo os arranjos. Você acha que isso é legal, vou acordar amanhã e dizer: ‘que legal estão comendo minha esposa’”, escancarou o sertanejo.

CANTOR EXPÕE FALÊNCIA

Durante a pandemia da Covid-19, Eduardo Costa sofreu para pagar suas contas e confessou isso durante entrevista para o Conceito Sertanejo.

“Na época normal eu ganho dinheiro com show, nosso cachê é muito bom, mas na pandemia só direito autoral, e é muito pequeno porque no Brasil é uma vergonha.

A gente não faturou nada e só pagou conta, mas eu vou continuar fazendo até o último dia da pandemia”, disse ele.