Caso Lara: adolescente morreu com ao menos quatro golpes na cabeça, aponta legista

  • Post category:NOTÍCIAS

Finalmente, após mais de uma semana, o laudo que envolve o crime mais comentados dos últimos tempos no Brasil, o Caso Lara, saiu.

Caso Lara: adolescente morreu com ao menos quatro golpes na cabeça, aponta legista

O laudo é o Instituto Médico Legal, o IML. O órgão apontou que a pequena Lara Maria, de apenas 12 anos de idade, faleceu por conta de um traumatismo craniano.

Quem teria causado o traumatismo na garota seria outra pessoa, que desferiu cerca de quatro golpes na cabeça dela e depois a deixou sem vida no meio de um mato.

O caso aconteceu há cerca de duas semanas atrás e após passar alguns dias desparecida, o corpo dela foi encontrado em Campo Limpo Paulista, em São Paulo, cidade em que ela vivia junto com a família.

O legista que apurou o caso e tratou de finalizar o laudo, contou que há presença de sinais de crueldade e que Lara havia sofrido golpes na cabeça e muito possivelmente a ferramente usada para causar o dano na cabeça dela, foi um martelo ou uma picareta.

O laudo também confirmou que havia cal, que foi a substância encontrada no corpo dela. De acordo com informação divulgadas pela polícia para O G1, a perícia que foi feita nas unhas da criança, ajudarão a apontar se há vestígios de DNA do assassino.

Os laudos estão sendo feitos na capital de Jundiaí e serão inseridos no inquérito do caso, que até o momento segue em segredo de justiça.

Na última terça-feira(29), funcionários que trabalham em um mercado em que Lara esteve antes de ser vista pela última vez, deram seus depoimentos.