BBB22: Vídeo mostra exato momento do acidente de Rodrigo Mussi; veja

A Polícia Civil ainda busca respostas para o que teria causado o trágico acidente de carro que deixou o ex-BBB22Rodrigo Mussi gravemente ferido em São Paulo, na madrugada na última quinta-feira (31).

O ex-BBB22 estava em um carro de aplicativo na Marginal Pinheiros, na via expressa, sentido Zona Sul da capital, quando o motorista teria ‘cochilado’ e batido na traseira de um caminhão.

Globo teve acesso a imagens do momento do acidente e transmitiu nas edições do “SP1” e do “Jornal Hoje” na tarde desta segunda-feira (4). É possível verificar o carro em alta velocidade segundos antes da batida, enquanto o caminhão estava trafegando de uma forma mais lenta por volta das 03h00. Com o impacto, o modelo foi arremessado para frente do veículo.

Rodrigo Mussi teve fraturas nas pernas, traumatismo craniano, além de ferimentos pelo corpo.

O ex-BBB22 foi socorrido ao Hospital das Clínicas, onde passou por cirurgia múltipla e se encontra internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com último boletim médico, seu estado de saúde é estável, porém ainda delicado.

A previsão é de que no fim da tarde desta segunda-feira (04), uma atualização seja feita pela equipe médica que cuida do ex-BBB22.

“PARA ASSISTIR O VÍDEO, CLIQUE AQUI

MÉDICO FALA SOBRE ESTADO DE SAÚDE DO EX-BBB22

Após realizar as cirurgias do ex-BBB22, o neurocirurgião Wanderley Cerqueira revelou detalhes do tratamento de Rodrigo Mussi em entrevista ao colunista Leo Dias.

“Ele teve politraumatismo mais traumatismo craniano. Dentro do crânio, houve sangramento, e é por isso que foi operado. Nesses casos, o cérebro também sofre com as contusões e edemas, porém o cérebro está dentro de uma caixa óssea que o protege. Assim que você opera, você diminui a compressão e monitoriza o cérebro com a fibra óptica. Com isso, você medica o paciente de acordo com esta pressão. A equipe precisa colocá-lo em um coma induzido para que o paciente aceite a medicação e a respiração intravenosa”, explicou o neurocirurgião Wanderley Cerqueira.

De acordo com o médico, o controle da pressão cerebral é de extrema importância para a recuperação de Rodrigo Mussi, e ela pode durar alguns dias, por isso as próximas horas continuam sendo primordiais para o ex-BBB22.

“O cérebro dele precisa de repouso. Se a pressão do cérebro estiver muito elevada, nós temos a chamada hipertensão intracraniana, que pode evoluir para o óbito.

Veja, todos os pacientes do mundo que sofrem com um traumatismo craniano são analisados com o Escala de Glasgow; as pessoas em estados normais estão na escala 15, e abaixo de 8 é considerado grave e são necessários operação e cuidados.

Quando chegamos ao 3, ocorre a morte encefálica”, informou o médico de Rodrigo Mussi.

“Só depois que o paciente conseguir respirar sem a sedação é que o médico irá analisar se ele terá sequelas ou não. Até o momento, ninguém pode falar sobre o pós-operatório dele”, concluiu o neurocirurgião.