Após anunciar término do casamento, Marina Ruy Barbosa se vê frustrada e conta relato emocionante: ‘Frustrante’

Marina Ruy Barbosa é uma das maiores atrizes brasileiras da atualidade, aos 26 anos, coleciona grandes papéis e expectativas para o futuro, mas, após o fim do seu casamento com Alexandre Negrão em 2021, a atriz se vê frustrada na sua vida social.

Em entrevista ao jornal ‘O Globo’, Marina Ruy Barbosa fez um balanço da sua vida pessoal, dos seus objetivos em construir uma família e ter filhos e se diz frustrada com o momento:

“É frustrante, mas, ao mesmo tempo, tento não alimentar esse sentimento. Sou canceriana, sensível demais e, se penso muito nesse assunto, fico mal.

Quero tanto ter minha família, meus filhos… Às vezes, me pergunto: ‘Em que momento isso vai acontecer?’”, revelou Marina Ruy Barbosa.

Marina Ruy Barbosa se vê muito dedicada ao trabalho, e durante a entrevista revelou que queria ser menos ligada nos 220:

“Queria muito ligar o foda-se, ser porra-louca. Mas, infelizmente, sofro com esse jeito de ser. Minha vontade era ser menos caxias. Comecei a trabalhar muito nova, e logo vieram as responsabilidades”, afirmou.

TRABALHO E RIVALIDADE

Marina Ruy Barbosa começou muito cedo a atuar nas telinhas das televisões brasileiras, ela relata que por conta desse início precoce, as responsabilidades vieram muito cedo, mas em compensação, ela se dedica ao máximo para fazer da melhor maneira:

“Tenho algo que considero uma qualidade: dou valor para aquilo que me é dado. Se estou fazendo um trabalho e me pedirem para colocar o copo na posição X, é ali que a peça estará. E da melhor forma possível.

Sei que sou exigente comigo mesma. Às vezes, me pego pensando: ‘Está tudo bem, Marina! Você tem 26 anos, acalma seu coração’”.

Muitos portais de notícia anunciam Marina Ruy Barbosa como rival ferrenha de Bruna Marquezine, por terem praticamente a mesma idade, por disputarem papéis de ponta no Brasil e fora dele, a ruiva comentou sobre isso também e disse que é algo negativo para todo mundo:

“A gente vive numa sociedade machista, e vejo muitas comparações, sempre entre mulheres. Crescemos ouvindo que Xuxa e Angélica eram rivais. Precisamos mudar essa história. Bruna e eu passamos por isso o tempo inteiro.

Somos da mesma geração, começamos na TV mais ou menos juntas… Essa ‘rivalidade’ dá retorno, audiência em sites. E isso é tóxico para todos os lados envolvidos”, finalizou Marina Ruy Barbosa.