Adolescente de 13 anos que matou o irmão e a mãe se assusta ao descobrir que o pai sobreviveu

Um adolescente de apenas 13 anos assassinou a própria vida e a de seu irmão usando uma arma de fogo que era de seu pai. O pai é um policial militar reformado de 56 anos.

Adolescente de 13 anos que matou o irmão e a mãe se assusta ao descobrir que o pai sobreviveu

O mesmo também acabou sendo atingido pelos disparos, porém conseguiu sobreviver, diferente das outras vítimas. Ele está internado e seu estado é muito grave. O irmão, uma das vítimas, tinha somente 7 anos.

O delegado Renato Leite, que está a frente do caso contou que percebeu que no momento em que o adolescente, soube que p pai estava vivo, ficou assustado. Acredita que o mesmo estaria mais aliviado se os três tivessem perdido a vida.

Conforme as informações dadas pela investigação, o motivo para o adolescente cometer o crime teria sido em decorrência a uma briga que aconteceu com a família, pois eles queriam que o jovem se empenhassem mais na escola, visto que as suas notas estavam baixas demais, além de terem pedido para colaborar mais com as tarefas de sua residência, como ajudar a lavar a louça, arrumar a própria cama.

A informação foi de que o adolescente estava indo mal na escola por estar pensando apenas em jogar um jogo online. Devido as cobranças feita por seus pais, ele alegou estar sentindo-se pressionando e resolveu pegar a arma de fogo e efetuar disparos contra os familiares.

Depois de cometer o crime, o mesmo ainda ligou para o SAMU e contou que haviam assaltado em sua residência.

Pai do adolescente tem sentido forte dores nas pernas.

O cirurgião geral, Caio Guimarães, que atendeu o caso do adolescente, contou que o pai encontra-se paraplégico sem conseguir movimentar suas pernas.

O profissional da saúde ainda afirmou que não há como saber se as sequelas irão ser permanentes ou não. Até o momento, ele não foi submetido a nenhuma cirurgia e os médicos continuam avaliando o caso.