A mando de Monteiro, assessor afirma ter entregue pílula do dia seguinte à adolescente

O depoimento de um ex-assessor do vereador Gabriel Monteiro pode trazer informações cruciais para a investigação da Polícia Civil. Monteiro é alvo de uma série de denúncias, inclusive acusações de estupro e assédio.

A mando de Monteiro, assessor afirma ter entregue pílula do dia seguinte à adolescente

Um dos casos que tem ganhado bastante repercussão na mídia gira em torno de um video vazado que mostra Monteiro e uma adolescente, de apenas 15 anos, mantendo relações. O ex-assessor, Fabio Neder, afirma ter entregado pílula do dia seguinte à adolescente.

Neder ainda declarou, em depoimento, que a adolescente era sempre vista na casa do vereador. Segundo o ex-assessor, a garota ia para a casa de Monteiro de uniforme escolar e ficava estudando no imóvel, com conhecimento do vereador.

Outro funcionário do gabinete, que continua nomeado no cargo, também foi ouvido e confirmou que Monteiro demostrava saber da idade da adolescente.

Monteiro, segundo Robson Coutinho, falava sobre a relação para “todo mundo” e se referia a adolescente como “minha novinha”.

Outro funcionário, que não teve a identidade revelada, afirma que Monteiro chegava a mostrar vídeos de relações sexuais com adolescentes como “se fossem troféus”.

O mesmo funcionário declarou que chegou a ver adolescentes saindo da casa do vereador, chorando, “aparentando ter sido estupradas“.

Ele tinha o hábito de fazer brincadeiras, dizendo que iria abrir uma creche e que mulheres de 20 anos já seriam velhas“, declarou.

Monteiro alega que não sabia a idade da adolescente, alega que a jovem afirmava ter 18 anos, e nega todas as acusações.